A Florzinha

delicada-y-perfumada-flor-del-pantano

A Florzinha

Era uma vez uma flor pequenina, com folhas perfeitas e pétalas delicadas. Tinha três irmãs, todas vistosas com pétalas coloridas e vistosas. Sempre que alguém passava por elas dizia para as suas irmãs “Que flores tão vistosas, que lindas”, depois olhavam para ela de forma desinteressada e diziam “Que flor tão pequenina”.

A florzinha sentia-se triste, todos apreciavam a beleza das suas irmãs e ninguém lhe dava importância. As irmãs eram vaidosas e enchiam-se de orgulho cada vez que alguém lhes dirigia um elogio. “Não te preocupes, um dia vais crescer e ser tão bela como nós”, diziam as irmãs à florzinha.

A florzinha sentia-se triste, todos apreciavam a beleza das suas irmãs e ninguém lhe dava importância.
 Mas esse dia não chegava, passavam os dias, as semanas, os meses, vinha o sol, depois a chuva, novamente o sol e a florzinha continuava pequenina.

Um dia alguém levou as suas irmãs, dizendo “Tão lindas, vou levá-las comigo”. A florzinha ficou sozinha, sentindo-se feia e desajeitada.

O tempo passou….

Até que um dia alguém se aproximou e disse “Que flor tão linda”. A florzinha olhou em volta e não viu mais nenhuma flor.

“Com quem estás a falar?” perguntou timidamente a florzinha.

“Contigo. És muito bela”.

“Não sou bela. Sou feia, pequenina. Devias ter conhecido as minhas irmãs, elas sim eram lindas”.

“Mas eu acho que és linda, olha vê” disse aproximando um pouco de água que refletia a imagem da florzinha.

A florzinha olhou surpreendida, no reflexo a olhar para ela estava umf Flor linda vistosa, grande, parecia uma das suas irmãs, quem seria? Não podia ser ela. Ela era uma flor pequenina e sem graça, pensou.

“Vem comigo linda flor”.

“Nem pensar, tenho que ficar aqui até ficar igual às minha irmãs”, disse a florzinha afastando a água com o reflexo.

O tempo continuou a passar e todos os dias a florzinha esperava tornar-se linda e vistosa como as suas irmãs.

Esperou, esperou, esperou e um dia alguém passou e disse “Que flor tão velhinha, deve ter sido muito linda”….

 

Autora: Ana Rosa

As Mensagens da Ana são pequenas metáforas criadas pela autora Ana Rosa que pretendem levá.lo a refletir sobre situações da sua vida de uma forma simples e carinhosa.

 

Comments

comments