Cortar lenha

machado

Cortar lenha

Um jovem, com grande habilidade e rapidez no corte de lenha, procurou um mestre, o melhor cortador de lenha da região e pediu para ser aceite como seu discípulo a fim de aperfeiçoar os seus conhecimentos. O mestre concordou e passou a ensiná-lo.

Não se passou muito tempo e o discípulo julgou ser muito melhor do que o mestre, desafiando-o para uma competição em público.
O mestre aceitou o desafio, tudo foi marcado, preparado e teve início a competição.

O jovem trabalhava no corte da lenha sem parar, e de vez em quando olhava para conferir como estava o trabalho do mestre.
Para grande surpresa do jovem, o mestre encontrava-se muitas vezes sentado, tendo isto ocorrido durante toda a competição. E isto fortaleceu ainda mais a determinação do jovem, que continuou a cortar a lenha e a pensar
– Coitado, o mestre realmente está muito velho…

No fim da competição foram medir os resultados, e o mestre havia cortado mais lenha do que o discípulo.
O jovem indignado disse:

– Não consigo entender, não parei de cortar lenha o dia todo, com toda a minha energia, e cada vez que eu olhava o senhor estava a descansar!

O mestre respondeu:

– Não meu jovem, eu não apenas descansava. Eu amolava o meu machado. Tu, por estares tão empolgado em cortar mais lenha, esqueceste esse pequeno detalhe. Afiar o teu próprio machado! E por isso, a tua produtividade caiu e perdeste!

autor desconhecido

Comments

comments